Dois Poemas

25/01/2018 at 13:29

Ambos levaram menção honrosa no prêmio da cidade de Barueri, SP. Um final de 2015 (também premiado no Yoshio Takemoto, excelente certame da revista KakiNet mantida pela colônia japonesa do bairro da Liberdade), outro agora no final de 2017. Seguem abaixo. . Auto-Tauromaquia . o enorme esforço de não sair […]

2º Prêmio Literário do Servidor Público do Estado da Bahia

21/10/2015 at 18:06

Este ano, como ano passado, fiquei novamente entre os 20 finalistas na categoria Poesia. Ano passado cheguei a levar terceiro lugar na mesma categoria, com aquele meu poema sobre o São Pedro Arrependido de Frei Agostinho da Piedade. Este ano concorro com o poema abaixo, cuja conformação lembra em muito […]

1º Prêmio Literário dos Servidores do Estado da Bahia

26/09/2014 at 14:48

Depois de alguns anos realizando o Prêmio Boas Práticas no Serviço Público e o Prêmio Servidor Cidadão, o Governo do Estado da Bahia passou esse ano a realizar um Prêmio Literário dos Servidores do Estado, em modelo similar ao de Minas Gerais, com duas categorias: poesia e contos ou crônicas. […]

Traduções, reduções, abduções

04/07/2012 at 14:48

É sabido que dos exercícios fundamentais para se dominar a forma do verso é traduzir poemas contemporâneos ou da tradição. São lendárias as diversas traduções d’O Corvo, de Poe, por cada um dos heterônimos de Fernando Pessoa – a exceção de Alberto Caeiro, porém incluso o ortônimo ele-mesmo; idem para […]

e<>e

03/01/2012 at 14:46

Poema que fiz em homenagem ao poeta bauhaus (e negro) americano e e cummings (sim, sem pontos depois da abreviação do nome:  E.E., para Edward Elstin, e tudo em minúscula, sempre) – e que acabou levando o 1º lugar no último prêmio de poesia do Sindicato dos Trabalhadores em Educação […]

A Vera Condenação ao Fim do Éden

08/09/2011 at 22:15

Poema que foi premiado em 2007, na XX Noite Nacional de Poesia, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, com o 3º lugar. De um técnica que quase nada tem a ver comigo: borgeana, e com um tema romântico, quando sou um cabralino-cummingsiano e só cometo borgeices no conto. Além […]