Regência de Trincheira

20/04/2014 at 14:42

Como os que leem este blog a mais tempo sabem, a Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) vem desde 2008 num vetor ascendente de importância e qualidade: desde a gestão de Ricardo Castro, com quem a OSBA passou a ter apresentações regulares semanais e receber nomes proeminentes da cena erudita musical, […]

Crítica Peripatética: práxis da autoralidade em pé

13/08/2011 at 10:40

Para o maestro Carlos Prazeres, que, carioca, é um pedestre convicto! (e para seu tio Perfeito Fortuna que, de menino, o sujou nas ruas da Lapa) Desde que li um certo texto de Gil Vicente Tavares tenho querido escrever sobre esta relação fundamental entre a Reforma Urbana e a Reforma […]

Prazeres na OSBA

17/03/2011 at 23:00

A opção da direção do Teatro Castro Alves pelo nome do jovem (e belo!) carioca Maestro Carlos Prazeres para dirigir a Orquestra Sinfônica da Bahia é, de modo nada óbvio, muito acertada em diversos sentidos. A primeira, e mais evidente, é o fato de que, em duas décadas, Prazeres é […]